Estou em: Início / Salão: a cor da moda é o branco

quarta-feira, 3 novembro, 2010 - 20:03

Salão: a cor da moda é o branco

Modelos importantes em branco e estande famoso totalmente na cor mostram a tendência atual

 

"Ahh, é táxi", "Carro de frota", "Coisa de Kombi", esses e muitas outras frases caracterizavam os carros na cor branca. Antes recluso a modelos comerciais e populares, o branco é a cor da estação, com o perdão do trocadilho. Exposto em modelos caros, em lançamentos, em várias tonalidades, a cor branca até deu o tom no estande disputadíssimo da BMW, onde todos os modelos vieram de branco. Quem for ao salão vai se deparar com essa tendência, não só brasileira, mas também mundial.

Uma das cores mais chamativas no trânsito (e não necessariamente exótica), o branco tem dado as caras em modelos caros e raros mundo e Brasil afora. O Salão do Automóvel de São Paulo, em sua 26ª edição, só comprova esta tese. Por exemplo, o lançamento da Kia, o Sportage, foi exposto na cor, assim como os irmãos de marca Sorento, Koup e Cadenza. Na Audi, o Q5 e o emocionante R8 Spyder debutaram com vestido de noiva. O tom de branco pode ser sólido ou perolizado, como é o caso dos modelos Mitsubishi, quase todos exibindo a pintura branca perolizada, com aspecto brilhante, bem interessante.

A BMW foi mais longe: trouxe todos os modelos do Salão na cor. Desde o X1 até a Série 7 Hybrid Dynammics. Todos muito elogiados pelo público, que se espantava ao não encontrar um modelo da marca prateado ou preto. Segundo dirigentes da marca, o branco é uma tendência fortíssima do mercado brasileiro de carros de luxo, que se iniciou em 2009, dentro da própria BMW com modelos como o 320i ou em concorrentes como Mercedes, Kia e Audi, que também entraram na onda.  No Salão, carros caríssimos como Range Rover Vogue, Cayenne, GLK 350 e Passat CC R-Line também aproveitaram a moda branca.

Acredite: a tendência é tão forte que pode prejudicar outras cores, mais tradicionais, até em modelos de luxo. Segundo estimativas da Kia, a cor mais vendida do SUV Sorento é o branco e o mesmo deve se repetir com o Sportage. A Chevrolet, ao apresentar o Omega, decidiu não fechar o portfólio de cores do sedã. Segundo executivos da montadora, branco e preto estão praticamente garantidos. A terceira e última opção ficará entre "monótonos" cinza e prata.

Todavia, nem só entre modelos caros e luxuosos  o branco desfila. O Peugeot 408, sucessor do 307 Sedan, foi apresentado em única unidade, branca. O Citroën AirCross branco era exibido como destaque do estande francês e o pequeno e barato Celta ganhou uma versão conceito chamada de White, misturando a cor externa branca com um interior mesclando preto e vinho.

É, a época do pretinho/pratinha básico acabou. Viva longa ao branco!

Por Bruno Vieira

" class="clear-block block block-image_pager">

Images